Estudantes de Hong Kong tomam as ruas exigindo democracia

22set2014---1411369054919_956x500

Milhares de estudantes de Hong Kong entraram em greve, ocuparam o parque central da cidade e tomaram as ruas reivindicando democracia. Dizem que se houver recusa, o movimento vai se intensificar!

Há semanas jovens e estudantes estão promovendo uma campanha por democracia e sufrágio universal através do movimento Occupy Central. Desde segunda, estudantes universitários estão em greve, encontrando-se diariamente num parque no centro da cidade e, na última sexta, ocuparam por algumas horas a sede do governo. Quase 400 professores universitários e funcionários assinaram um manifesto de apoio. No domingo, dia 28 desetembro, os protestos se intensificaram e foram recebidos com gás lacrimogênio, spray de pimenta e balas de borracha pela polícia. Os manifestantes romperam o bloqueio policial que protegia os edifícios que abrigam a sede do governo e do conselho legislativo de Hong Kong.

O movimento se iniciou pela exigência de que as decisões políticas tenham autonomia do governo central chinês, em Pequim. Desde 97, quando Hong Kong deixou de ser uma colônia britânica, o território é regido pelo acordo “um país, dois sistemas” garantindo maior liberdade de expressão e protesto do que no restante da China, que vive uma dura ditadura comandada pelo Partido Comunista Chinês.

27set2014---estudante-e-detida-por-policiais-manifestantes-apos-invadirem-area-restrita-na-sede-do-governo-de-hong-kong-milhares-de-estudantes-boicotam-as-aulas-e-protestam-desde-segunda-feira-22-1411803182548_956x500

Em agosto, a China anunciou que a partir de 2017 o chefe executivo local poderia ser eleito por sufrágio universal, mas apenas entre dois ou três candidatos selecionados por um comitê sob a autoridade de Pequim. Assim, há um controle cada vez maior de Pequim garantindo a "lealdade política" de Hong Kong com o regime chinês. Os estudantes que entraram em greve não estão dispostos a recuar sem uma vitória. "Nós temos o direito de ficar e protestar", disse Ryan Chung, um estudante de 19 anos. “O mundo deve saber o que está acontecendo em Hong Kong. Eles devem saber que nós queremos democracia, mas que não conseguimos isso”. Utilizando os mesmos métodos desde 2011, com radicalização, greve, ocupação de praça, a juventude volta às ruas lutando por democracia e seus direitos. Dessa vez, é a juventude asiática, ameaçando um dos principais centros financeiros da região. A ANEL presta sua irrestrita solidariedade internacional!

What to Wear to a Evening in Paris Theme Party
porno Some interior design advice for extreme cases

boots or skateboard shoes
cartola fcThe Importance of a Fashion Design Philosophy
 

Brasil afora

SP   Em breve notícias de SP...

RJ   Em breve notícias de RJ...

BA   Em breve notícias de BA...

MG   Em breve notícias de MG...

PA   Em breve notícias de PA...

RN   Em breve notícias de RN...

RS   Em breve notícias de RS...

SC   Em breve notícias de SC...

CE   Em breve notícias de CE...

PR   Em breve notícias de PR...

MS   Em breve notícias de MS...

SE   Em breve notícias de SE...

PI   Em breve notícias de PI...

PE   Em breve notícias de PE...

GO   Em breve notícias de GO...

DF   Em breve notícias de DF...

AL   Em breve notícias de AL...

AC   Em breve notícias de AC...

AM   Em breve notícias de AM...

ES   Em breve notícias de ES...

AP   Em breve notícias de AP...

TO   Em breve notícias de TO...

RR   Em breve notícias de RR...

PB   Em breve notícias de PB...

MT   Em breve notícias de MT...

RO   Em breve notícias de RO...

MA   Em breve notícias de MA...

Distrito Federal Minas Gerais Rio Grande do Sul Santa Catarina Paraná São Paulo Rio de Janeiro Espírito Santo Mato Grosso do Sul Mato Grosso Goiás Tocantins Bahia Amazonas Pará Amapá Acre Rondônia Roraima Maranhão Piauí Ceará Sergipe Alagoas Pernambuco Paraíba Rio Grande do Norte
 
 
00:00